Setor de refrigeração e climatização se reúne em Salvador

 

As principais entidades ligadas ao segmento de Refrigeração, Aquecimento e Tratamento de Ar participaram, em Salvador (BA), na sede da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), nesta sexta-feira (15),da 14ª reunião de Diretoria do Comitê Nacional de Refrigeração e Climatização, primeira deste ano. O objetivo principal da reunião, que ocorre a cada três meses em um estado do país, é discutir assuntos comuns do setor.

De acordo com Maurício Lopes, presidente do Comitê e diretor regional da Abrava (Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento), “no Comitê, as associações, sindicatos e entidades ligadas ao setor unem forças para ter poder político e trabalhar a defesa de interesses do setor no país”.

Uma das maiores conquistas do grupo foi a publicação, em 2018, da  Lei do Ar Condicionado – Lei Federal 13.589/18, que torna obrigatória a execução de um plano de manutenção, operação e controle (PMOC) de sistemas e aparelhos de ar-condicionado em edifícios de uso público e coletivo, visando à eliminação ou minimização de riscos potenciais à saúde dos ocupantes.

“Nesta reunião a pauta principal foi a discussão do plano de ação de divulgação da Lei, sobretudo junto aos órgãos fiscalizadores. Avaliarmos o que já desenvolvemos e o que temos que implementar”, explicou Maurício Lopes.

“O grupo trabalha nacionalmente em prol do setor. As entidades regionais atuam com a limitação da abrangência da base de representação, reduzindo, assim, as chances de representatividade e conquistas a nível nacional”, pontuou Francisco Redondo, presidente do Sindratar-BA (Sindicato da Indústria de Refrigeração, Aquecimento e Tratamento de ar no Estado da Bahia).

Leia direto na fonte acesse